Em: 7 de Fevereiro de 2019

Professores da Rede Municipal participam de Seminário sobre Interação Pedagógica

A Prefeitura Municipal de Mimoso do Sul, através da Secretaria Municipal de Educação, realizou no dia 1º de fevereiro, no Salão da 1ª Igreja Batista, o “1º Seminário de Interação Pedagógica da Rede Municipal de Ensino de Mimoso do Sul”.

A abertura do ano letivo de 2019 foi marcada encontro educacional que visa a promoção de temas  como a interação entre escola e família para uma educação de qualidade, sobre as atuações do profissional de Educação com sugestões de ambas as partes para um resultado positivo em comum.

Duzentos profissionais do Magistério da Rede estiveram presentes no encontro que contou com palestras explicativas e motivacionais para o ano que se inicia com novos desafios.

Duas palestras e um concerto musical com os músicos Herbert Cock, no violino e Allan Lara, no teclado, emocionaram o público durante o Seminário. Com o tema “Viver, Amar e Ser Feliz na Vida Pessoal e Profissional”, a palestrante Silva Carla Nascimento, Membro do Conselho Municipal da Educação de Cachoeiro, Diretora da SINPRO – Sindicato dos Professores da Rede Provada de Ensino do Estado do Espírito Santo e da FETRAEE – Federação dos Trabalhadores de Ensino do Espírito Santo – Coordenadora do PIBIB – Programa de Incentivo a bolsa de iniciação à docência Mestre em Cognição e linguagem, Professora do Centro universitário São Camilo, palestrante e consultora da Ágora, discorreu sobre a importância de estar bem na sala de aula, somando a isso o amor pela profissão.

Fechando com chave de ouro, a Doutoranda em Educação (PPHR-UFES), integrante do Grupo de Pesquisa e Formação e Atuação de Educadores do GRUFAE – UFES – Universidade Federal do Espírito Santo e Professora do Ensino Superior da Faculdade Saberes de Vitória, filha da terra, Kallyne Kafuri Alves discorreu em palestra sobre a “BNCC e suas Novas Vertentes Capixabas”.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, Lilian de Fátima, a Educação tem o poder de transformar vidas. “Nossa missão é ser o educador inesquecível para aquela criança, aquele adolescente que se espelha em você, que fez entre muitas escolhas, ser professor, mestre, educador, que traz além do conhecimento, busca a esperança de um mundo melhor. Em nossa caminhada há flores e pedras, as flores simbolizam o saber, a dedicação, o comprometimento, a coragem e devem ser cultivadas e compartilhadas. As pedras traduzem a resistência, o desamor, a intolerância, o individualismo, a aridez de sentimentos que devem ser removidas”, explica a Secretária.

Últimas manchetes