Mimoso reduz intervalo para dose de reforço contra a Covid-19

A Prefeitura Municipal de Mimoso do Sul, através de sua Secretaria Municipal de Saúde, reduz o tempo de espera para tomar a dose de reforço aos idosos a partir de 60 anos. O tempo de espera, que anteriormente era de 180 dias, agora passará a ser após 120 dias da segunda dose ou dose única, ou seja, quatro meses. A medida começou a valer na segunda-feira (25).

Já os imunossuprimidos, segundo a administração municipal, continuam a aguardar os 28 dias de intervalo depois da segunda dose ou única, mas passam a receber o imunizante Pfizer como dose de reforço.

Mimoso do Sul vacina ainda em primeira dose qualquer pessoa a partir dos 12 anos de idade. Com a segunda dose, pode se vacinar quem já cumpriu o intervalo da primeira: Coronavac, 28 dias; Astrazeneca, 70 dias; Pfizer, a partir de 56 dias a 2ª dose, já o reforço é feito com mais de 60 anos, em mais de 4 meses da última dose.

Confira na íntegra a Resolução CIB 181/2021

Art. 1º – Aprovar “ad referendum” a alteração do intervalo da dose de reforço da vacina Covid-19 para os idosos acima de 60 anos, que deverá ser administrada 4 (quatro) meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independente do imunizante aplicado.

§1º – A vacina a ser utilizada para a dose de reforço, deverá ser, preferencialmente, da plataforma RNA mensageiro (Pfizer/BioNTech) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou Astrazeneca).

Art. 2º – Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação e revoga a Resolução CIB/ES nº 171/2021.

Skip to content